PASSAGEM DE ANO 2007/2008

Hiperligações para esta mensagem

Para o Reveillon 2007/2008 o Salão Brazil propõe-lhe uma noite de animação. Comece por um óptimo jantar e deixe-se ficar noite dentro com música e dança para entrar em 2008 com alegria.


MENU JANTAR

ENTRADAS:

- chouriço assado,

- pasteis de bacalhau

- rissóis de carne,

- rissóis de camarão

- canapés com patê caseiro

SOPA:

- Creme de marisco com coentros

PRATO:
- Medalhões de lombinho salteados com arroz de passas e espeto de ananás com tomate cherry e molho balsâmico com mel


BUFET DE SOBREMESAS:
- leite-creme

- pudim de ovos

- mousse de chocolate

- delícia de chocolate com molho de lima

Bolo-rei

Passas

Espumante



Preço: 19 euros p/ pessoa

nota: bebidas não incluídas.




Se nos quiser fazer companhia pela noite dentro, a entrada será de 3€ por pessoa. Teremos DJ's a animar a despedida de 2007 e o inicio de 2008.


O Salão Brazil deseja a todos umas Boas Festas

Sítio de Sons em Quarteto - 17 de Novembro às 22h

Hiperligações para esta mensagem



"Sítio de Sons em Quarteto"

Voz: Susana China

Guitarra: Mauro Ribeiro

Baixo eléctrico: Miguel Duarte

Bateria: Luís “Formiga”


Esta formação juntou-se com o propósito de participar no Portugal Jazz.

Em palco, propõem (re)visitar não só as sonoridades de alguns dos clássicos do jazz, mas também de fazer uma incursão “pelas linguagens” contemporâneas de Sting, ou até percorrer os caminhos de Chico Buarque, Milton Nascimento ou Hermeto Pascoal.

Pretende-se com este reportório variado, oferecer um espectáculo com dinâmica própria, desprovido de abordagens complexas aos conteúdos musicais, sugerindo uma comunicação espontânea e até simples ao emaranhado das emoções!

… e proporcionar não só ao público mas também aos próprios músicos, um reencontro afectivo e emocional com outras “estórias musicais”… já tantas vezes contadas e cantadas!






Portugal Jazz - Festival Itinerante de Jazz
www.portugaljazz.org
Jacc - Jazz ao Centro Clube
www.jacc.pt

2ª Parte Jazz ao Centro - 1.2 e 3 Novembro

Hiperligações para esta mensagem


(clic para aumentar e hiperligação)

Já nos próximos dias 1, 2 e 3 de Novembro Zé Eduardo Unit, Henry Grimes e Elliot Sharp compõem mais uma edição dos Encontros, que tera lugar no Salão Brazil, na Baixa de Coimbra.

PROGRAMA

Quinta-feira, 1 de Novembro de 2007
21h45

Zé Eduardo Unit
Jesus Santandreu – Saxofone Tenor
Bruno Pedroso – Bateria
Zé Eduardo – Contrabaixo

NOTA: Este concerto será gravado para posterior edição.


Sexta-feira, 2 de Novembro de 2007
21h45

Henry Grimes
Andrew Lamb – saxofones e flauta
Newman Taylor Baker – Bateria
Henry Grimes – Contrabaixo e violino

23h30
Zé Eduardo Unit
Jesus Santandreu – Saxofone Tenor
Bruno Pedroso – Bateria
Zé Eduardo – Contrabaixo

NOTA: Este concerto será gravado para posterior edição.


Sábado, 3 de Novembro de 2007
21h45
Elliot Sharp toca Thelonius Monk
Elliot Sharp – guitarra

23h30
Zé Eduardo Unit
Jesus Santandreu – Saxofone Tenor
Bruno Pedroso – Bateria
Zé Eduardo – Contrabaixo

NOTA: Este concerto será gravado para posterior edição.


NOTAS:
- O Salão Brazil tem lotação limitada a 120 espectadores.
- Todos os concertos têm transmissão em directo na RUC – Rádio Universidade de Coimbra.

EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIA

22 de Outubro a 9 de Novembro
Bar Quebra (ao Quebra Costas)

INGRESSOS

Preços

Quinta-feira, 1 de Novembro
Geral – 8 Euros
Sócios do JACC – 4 Euros

Sexta-feira, 2 de Novembro
Geral – 10 Euros
Sócios do JACC – 5 Euros

Sábado, 3 de Novembro
Geral – 10 Euros
Sócios do JACC – 5 Euros

Formas de aquisição

Através de SMS
Envie do seu telemóvel para 3666: CFE JACCEX NOME APELIDO
Dependendo do dia substituir JACCEX por JACCE1, JACCE2 ou JACCE3
Exemplo de mensagem para o concerto de dia 1 de Novembro:
CFE JACCE1 Pedro Miguel
Custo: € 0,35 (IVA incluído)
Receberá um SMS de resposta com os dados para pagamento numa Caixa Multibanco. Após o pagamento bastará identificar-se à entrada para o concerto.

Na sede do JACC – Jazz ao Centro Clube
Sita no Adro de Baixo, 6 (junto à Praça do Comércio, atrás da Igreja de S. Bartolomeu).

Mais informação e contactos da imprensa pelo e-mail geral@jacc.pt

in www.jacc.pt

Workshop Ze Eduardo Unit

Hiperligações para esta mensagem

Vamos falar sobre habitação [ em Coimbra ] ?

Hiperligações para esta mensagem

PROGRAMA
COIMBRA 22 a 31 de Outubro

locais:
Salão Brazil

Livraria XM
Teatro Académico Gil Vicente (TAGV)

de segunda-feira, 22 a 31 de Outubro

TAGV, Café-teatro | 22 Out. | 18h00 | inauguração
Exposição de fotografia “Habitação”. Com obras de António José Martins, Emanuel Brás, Luís Filipe Rocha, Nuno Patinho, Paulo Abrantes, Pedro Medeiros e Tiago Hespanha.
Apresentação do programa e objectivos da iniciativa.

sexta-feira, 26 de Outubro

TAGV, sala | 21h30
Apresentação do documentário
“PAZ, PÃO, HABITAÇÃO… AS OPERAÇÕES SAAL” de João Dias

Debate moderado por Elísio Estanque (sociólogo), com José António Bandeirinha (arquitecto) com João Dias (realizador), Alexandre Alves Costa (arquitecto) e Samuel Roda Fernandes (arquitecto)

sábado, 27 de Outubro

Café Santa Cruz | 10h00
Pequeno-almoço seguido de distribuição de programas da sessão a desenrolar a seguir e interpelação/conversa com pessoas na Praça 8 de Maio.


Salão Brazil
|

11:00 > 1º painel

“O problema e o futuro da habitação”
Mesa-redonda moderada por José Reis (economista)
com Helena Roseta (arquitecta), Teresa Craveiro (geógrafa), Padre Valentim Gonçalves

12h00 > debate com o público.

12h30 > almoço

14h00 > 2º painel
“O mercado da habitação”
Moderação de Ana Pires (geógrafa)
com Maria João Freitas (vice-presidente do IHRU), Pedro Bingre (agrónomo), Jorge Carvalho (urbanista), Guilherme Vilaverde (Federação Nacional de Cooperativas de Habitação Económica)

15h15 > 3º painel

“O caso de Coimbra”
Moderação de João Mesquita (jornalista)
com Elísio Estanque (Sociólogo), Jorge Gouveia Monteiro (Vereador da habitação da CMC), João Paulo Craveiro (presidente da Coimbra Viva, Sociedade de Reabilitação Urbana) e Gustavo Cunha (arquitecto, responsável pelo Plano Estratégico e de Urbanização para Coimbra)

16h30 > debate com os intervenientes nos dois painéis.

sábado, 27 de Outubro, 17h30
Passeio pela Baixa de Coimbra


ARTIGOS:

- PRAVDA ru: Vamos falar de Habitação em Coimbra ?
- O PRIMEIRO DE JANEIRO:Pro Urbe e Plataforma artigo 65 querem por Coimbra a discutir Habitação.
- Artigo Diário de Coimbra primeira-pagina-diario-de-coiumbra.pdf
- Vamos falar de Habitação, Helena Roseta: vamos-falar-de-habitacao-coimbra-final.doc
- Jornal Universitário de Coimbra: Coimbra…cidade para habitar ?
- Diário de Coimbra: Artigo
- Diário as beiras: Vamos falar de habitação ?
- Jornal Universitário de Coimbra: Coimbra discute problemática da habitação
- Campeão das Províncias: Os problemas da habitação em debate em Coimbra
- A Cabra.Net - "Coimbra…cidade para habitar?"
- A Cabra.Net - "Coimbra discute problemática da habitação"
- Diário de Coimbra - “Equívocos estão a destruir Coimbra”

Links

- Associação Pro Urbe
- Plataforma Artigo 65

-
TAGV
-
Salão Brazil, Coimbra
- XM

- Direcção Regional de Cultura do Centro
DRCC

Dia 27 - Fanfarra Recreativa e Improvisada Colher de Sopa 22h30

Hiperligações para esta mensagem

Uma proposta vinda do Porto, para uma noite certamente muito diferente, no âmbito da tournéé das capitais de distrito por ordem alfabética, da F.R.I.C.S. .
Nada melhor para partir em férias em paz com o bom humor, de sorriso de lado a lado.
Apareçam, tragam os amigos.

http://www.myspace.com/fanfarraimprovisada

3º Aniversário Salão Brazil - Amanhã, sábado 30 de Junho

Hiperligações para esta mensagem

O Salão Brazil comemora o seu 3º aniversário.

Tem o prazer de convidar a todos a um copo de sangria para celebrarmos esse dia.

Esperamos por vós amanhã, sábado 30 de Junho - 22h30

inGerência


os amigos do Salão... dizem que os amigos são para as ocasiões

Aconteceu em Junho

Hiperligações para esta mensagem
08 Katy Sedna 23h Gratuito
http://katysedna.com/
Katy Sedna é uma cantautora marcada pelo mundo. Criada em África, EUA e Europa, estudou em Boston, tendo actuado em Edimburgo, Los Angeles, Nova Iorque... Com uma energia impar em palco, conquista o coração com o seu espirito acompanhado de guitarra.

09 Projecção filme 22h00 Gratuito
"Memória Subversiva - anarquismo e sindicalismo em Portugal 1910 - 1975", de José Tavares & Stefanie Zoche. Seguido de debate.

16 Banda Futrica apresenta "Com Zeca no Coração"
A banda futrica convidou alguns amigos de sempre [Gaiteiros de espiral, Rebimbómalho entre outros] para uma homenagem a Zeca Afonso.
O resultado foi apresentado no convento de S. Francisco num concerto e numa noite memorável.
Agora sobem ao palco mais procurado de Coimbra.

23 A Arte (também) foi morar para a web 17h30
Debate, conversas informais com a participação de João José Cardoso, História de Arte e de Josué Jacinto, coordenador do projecto Joker Art Gallery

25 Bexar Bexar (eu) + Azevedo Silva (pt)
Bexar Bexar começou com um gravador de 8 pistas, uma guitarra conseguida num leilão e alguns sintetizadores analógicos partidos. Estes rústicos instrumentos deram vida ao primeiro album Haralambos recheado de melodias delicadas e loops de percurssão.
Um dia um miúdo na idade da acne agarrou numa guitarra e aprendeu a tocar. Hoje já não é miúdo e toca um som maduro e melancólico, com canções que bebem das suas influências mas que vão para além delas. Em 2006, Azevedo Silva (vocalista e guitarrista de Madcab) dá início ao seu projecto a solo. A sua viagem a Copenhaga, em Setembro, onde deu três concertos com Rhona Reid, foi decisiva para o lançamento da sua primeira demo.

Dia 25 - Bexar Bexar (EUA) + Azevedo Silva (PT) 22h30

Hiperligações para esta mensagem

Bexar Bexar começou com um gravador de 8 pistas, uma guitarra conseguida num leilão e alguns sintetizadores analógicos partidos. Estes rústicos instrumentos deram vida ao primeiro album Haralambos recheado de melodias delicadas e loops de percurssão.
Um dia um miúdo na idade da acne agarrou numa guitarra e aprendeu a tocar. Hoje já não é miúdo e toca um som maduro e melancólico, com canções que bebem das suas influências mas que vão para além delas. Em 2006, Azevedo Silva (vocalista e guitarrista de Madcab) dá início ao seu projecto a solo. A sua viagem a Copenhaga, em Setembro, onde deu três concertos com Rhona Reid, foi decisiva para o lançamento da sua primeira demo.

Dia 23 Junho - A Arte (também) foi morar para a web - 17h30

Hiperligações para esta mensagem

"A Pro_Secção de Fotografia da AAC pretende fomentar a troca de ideias, através de informais conversas, com o objectivo de divulgar a arte fotográfica. A utilidade da WEB, ao serviço das diferentes manifestações artísticas, é o tema escolhido para este encontro."
http://www.fotografiaaac.net/

Com a participação de João José Cardoso, História de Arte e de Josué Jacinto, coordenador do projecto
Joker Art Gallery


Dia 16 - Banda Futrica apresenta "Com Zeca no Coração"

Hiperligações para esta mensagem


A banda futrica convidou alguns amigos de sempre [Gaiteiros de espiral, Rebimbómalho entre outros] para uma homenagem a Zeca Afonso.

O resultado foi apresentado no convento de S. Francisco num concerto e numa noite memorável.

Agora sobem ao palco mais procurado de Coimbra.

Hoje pelas 22h00 - MEMÓRIA SUBVERSIVA

Hiperligações para esta mensagem

Se não o virem hoje provavelmente podem não mais o conseguir ver... ficam aqui alguns dos comentários e opiniões que acompanham o folheto deste documentário único...


COMENTARIO

Pretendeu o José Tavares e Stefanie Zoche honrar a presença, num filme, de alguns militantes idosos, dos 80 aos 100 anos, aqueles que conseguiram sobreviver à tremenda luta travada contra o fascismo e os capitalismos internacionais, em especial os heróis sobreviventes da Colónia Penal do Salazarismo, onde vários deles fizeram mais de 10 anos de cativeiro, sem processo formado, ouvindo permanentemente os carcereiros afirmar que aqueles presos nunca mais iriam ver a Liberdade, porque o governo salazarento os tinha mandado para lá morrerem. Dizem que foi a um padre que o ditador mandou escolher este local porque era riquíssimo em mosquitos pestíferos, com a tuberculose entre pessoas e gados de abate. Existia um médico na colónia penal que em vez de exercer funções humanitárias, realizava as de carrasco. Neste campo infernal morreu a flor dos militantes anarquistas e anarco-sindicalistas (para além doutros militantes de diferentes sectores políticos e revolucionários). A maior parte dos prisioneiros que conseguiram ver a liberdade, morreram pouco depois pelos achaques e maleitas adquiridas nessa maldita colónia.

Podemos bradar aos quatro ventos, sem possível desmentimento, que se não tivesse existido Tarrafal, nem tremendas repressões fascistas não se apresentaria tão dizimado como está hoje o nosso movimento anarquista. Não tivemos ajuda de nenhum imperialismo Oriental, nem das repúblicas democráticas. Os povos que nos poderiam ajudar, como o Espanhol, o Italiano, o Argentino, o Brasileiro, etc., estavam também a ser amarfanhados por diversos tipos de fascismo.

Obrigado José Tavares e Stefanie por se terem lembrado de perpetuar na tela a presença deste grupo, cuja maioria são os heróis de lutas ciclópicas em favor da Humanidade, do Amor, do Progresso e da Libberdade.

Viva a Emancipação Integral da Humanidade.

por José de Brito
________________



OPINIÃO

O vídeograma Memória Subversiva é um documento histórico único sobre as ideias e vidas radicais subsistentes na sociedade portuguesa no séc. XX. José Tavares e Stafanie Zoche, pese embora os condicionalismos logísticos, técnicos e financeiros, souberam construir um diálogo baseado na verdade e na simplicidade sem recorrerem aos sofismas da tecnicidade e do modernismo conjuntural muito querido da intelectualidade. A sucessão cronológica dos factos e das vidas protagonizadas pelos diferentes intervenientes foram magistralmente humanizados pela perícia perceptiva da câmara e uma narração inteligente e objectiva. Por vezes o som e a música não acompanham adequadamente o pulsar das palavras e das imagens. Esses factos são no entanto, de somenos importância.

O vídeograma Memória Subversiva, na minha modesta opinião, preenche uma grande lacuna que subsistia na história do movimento operário e do sindicalismo português deste século.
Com este documentário filmado será difícil interpretar e/ou re-interpretar os movimentos sociais, políticos e ideológicos de ânimo leve. Para antes e depois da implantação da ditadura salazarista ficam as vidas e as palavras de um punhado de homens e mulheres que não se vergaram a amos e senhores: Memória Subversiva é um retrato fiel dessa realidade.

por J.M. Carvalho Ferreira
________________________

Neste filme, uma geração de homens e mulheres, hoje entre os 70 e os 80 (há-os centenários!), fala ainda e sempre, com veemência e a exaltação da juventude que neles não se extinguiu, da alegria e do voluntarismo revolucionários. Nesta época da conformação mais rasteira travestida de pobres emblemas exteriores (grotescas modas ousadas...), eis-nos aqui perante perante uma fala humana que até nas suas mais pungentes fragilidades se mostra superior ao pretensioso palavreado pós-moderno, asséptico e invertebrado. É certo que já só a poderá escutar quem for capaz insubmissão perante a cangalhada social – porque a revolta é a plataforma mínima de que partem estes incorrigíveis anarquistas da região portuguesa que José Tavares e Stefanie Zoche ouviram, com visível empenho, num longo périplo pela memória da subversão deste século. Para além do mais, a verticalidade de tais homens e mulheres ompõem-se como constraste luminoso numa época de apalhaçadas gesticulações.

por Júlio Henriques
__________________

Festival de Jazz - 23h55

Hiperligações para esta mensagem





Salão Brasil

1 dia > 5 Euros

Sócios do JACC

1 dia > 3 Euros

Nota: Na compra de um bilhete oferta do último número da revista

É aqui que nos vamos juntar...

Hiperligações para esta mensagem
O Salão Brazil, antiga panificadora de Coimbra, um espaço com mais de cem anos, foi durante muito tempo uma sala de bilhar, ponto de convivio até aos anos 90. Mas sentia-se a necessidade de algo mais. Em Julho de 2004 surgiu um novo conceito para o Salão - restaurante, bar, convívio, espaço cultural. Uma sala com um pé direito de 5 metros, janelas amplas, com apenas uma mesa de bilhar. Espaço onde se pode estar, para alguns um refúgio entre acordes de jazz, blues, música!, sob a banda-sonora de um bom prato de vitela Maronesa.

Aconteceu em Abril

Hiperligações para esta mensagem
Dia 13 - 23h
Mindweep "Seguindo as linhas do rock alternativo, mindweep surge em 2004, transportando um som definido por uma ..explosão instrumental.. com guitarras frenéticas e enérgicos jogos rítmicos." Entrada - Gratuita

Dia 18 – 18h
das ist ein Pastiche? Poesia, tearo, performance inserido na Semana Cultural Entrada livre

Dia 21 – 22h
4º Aniversário do JACC (Jazz ao Centro Clube) Concerto de apresentação do disco de estreia da Orquestra de Jazz de Matosinhos. Saxofonista norte-americano Mark Turner é o solista convidado. Direcção: Carlos Azevedo e Pedro Guedes
Entrada 10€ . Desconto 50% sócios JACC

Dia 24 – 23h
Larkin Grimm




Dia 25 Abril
Um dia para não passar em branco. Por motivos óbvios não prestamos declarações... o código será dado na altura... dizia alguém: "OS CRAVOS EMPERRARAM AS ARMAS DA REVOLUÇÃO..." e os vampiros andam aí...



Dia 27 - 23h
Levi "The Adventures Of"




é um disco eminentemente Pop. É, frontalmente, um compêndio de canções crepusculares. Falemos nós da aurora, do dilúculo dos dias, ou do pôr-do-sol, portada arregaçada para a noite das estrelas e do sono, do frio e da solidão, da beleza calada rasgada pelo tilintar dos copos do espumante da areia. É que este será o trabalho da vénia do público ao artista – e a potência existe –, ou hibernará o compositor e a fantasia no mais tenro Inverno – admite-o o próprio.


O que passou por aqui em Março

Hiperligações para esta mensagem
Dia 9 – 23h
Baile de Dança de Tradição Europeia - As melodias a cargo de Mosca Tosca, para construir uma noite de propostas sensuais, tentadoras e diferentes.
Entrada - Gratuita.

Dia 16 – 22h
Blues Rock Booze Stock - Numa noite dedicada ao Blues: Filmes e imagens sobre Blues /24h - Mezcal / 02h - Digei NOSSASeNHORA
- Entrada 3,5 blues

Dia 17 – 23h
Noite dedicada à Associação Portuguesa de Epilepsia seguida de temas Blues - Os improváveis Quarto Minguante voltam ao Salão por uma causa, de muito valor.
A noite continua, até quando?, com ANCA SoundSystem - Blues deste planeta enquanto procuramos por outro.
- 2 Euros (a reverter para a Associação Portuguesa de Epilepsia)

Dia 23 – 23h
Jazz com Kezefi Trio - Serafim Lopes - Guitarra / Zé Fidalgo - Contrabaixo / Jorge Queijo - Bateria - Gratuito.

Dia 24 - 23h
Noite em que o mundo, suas venturas e desventuras tomam o palco – Gratuito

Dia 30 - 23h
ENA PÁ 2000 - Uma grande proposta para uma sala que queremos enorme. Os inigualáveis Ena Pá 2000 sobem a palco e garantem uma noite.... madrugada... manhã. - 7 euros

Se tens imagens ou videos sobre os eventos manda-nos isso que metemos aqui.

Explosão sonora no Salão Brazil [30 de Março 2007]

Hiperligações para esta mensagem
"Com o objectivo inédito de estrangular o consumo excessivo de música da treta - um perfume de sonóxido carbónico vai invadir três pontos estratégicos do globo terrestre, três localizações nevrálgicas no controle de consumo do planeta: Coimbra, Lisboa e Cascais. Controlados estes três baluartes digestivos, o mundo irá experimentar uma prisão de ventre com proporções bíblicas, apenas comparável ao aperto urinário de Cícero, na hora em que foi degolado! Depois disso, através da catarse musical proporcionada pelo combo do famigerado Lello Minsk, dar-se-á o efeito contrário, prevendo-se uma explosão gastro-decibélica que ficará para a história universal como o Big Pum – um fenómeno acústico de aromo-terapia global capaz de abrir brechas na grande muralha da China! É por estas e por outras que a esfinge não tem nariz!" - diz a info@banana.com.pt

Ficamos à espera da noite! Reserva-te por aqui
salaobrazil@gmail.com

..